{Robin Williams} Descanse em paz

Na minha adolescência, quando eu já namorava e o então único cinema de minha pequena cidade havia fechado, um dos nossos programas favoritos era pegar filmes na locadora para o final de semana.

Foi assim que eu conheci Robin Williams.

Bom dia, Vietnã (Good Morning, Vietnam) foi arrebatador! O filme tratava com delicadeza e humor, o horror da guerra. A interpretação de Robin Williams e a trilha sonora foram para mim, de tirar o fôlego. E eu assisti muitas vezes.

Então veio Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society) e mais uma vez fui às lágrimas. Ainda hoje o filme serve de referência quando penso nos atores Robert Sean Leonard, Ethan Hawke e Josh Charles.

Lembro-me de ter pego uma birra muito grande do crítico Rubens Ewald Filho quando ele chamou Robin Williams de canastrão. Não sou crítica de cinema nem profunda conhecedora do assunto e nunca me importei muito com a opinião dos críticos. Hoje me importo menos ainda. Leio e assisto o que eu quero, sem me preocupar se vai parecer culto ou se vai de encontro com o gosto ou opinião de alguém.

Se Robin Williams era um bom ator ou não, cabe aos "entendidos" dizer. Eu não me importo. O que importa é que ele sabia, com seu olhar melancólico, tocar o coração das pessoas. E sabia fazer rir também.

Agora a pouco, enquanto meu filho se ajeitava na cama e escolhia um livro para lermos, li a notícia da morte de Williams e fiquei daquele jeito que a gente fica quando recebe uma notícia que não quer acreditar. Li o livro com meu filho, dei beijinhos, rezamos e esperei ele dormir. Então eu chorei. Ali, baixinho, com um nó na garganta e uma dor no peito.

Este post não tem a pretensão de fazer um resumo da obra de Robin Williams nem de falar da grandeza de seu trabalho, apenas de fazer uma singela homenagem a este que foi o primeiro ator que admirei, que protagonizou dois dos meus filmes favoritos e que, de certa forma, contribuiu para o meu crescimento como ser humano.



Obrigada Robin Williams, descanse em paz.

Sua fã,

Sandra



Espero que não entendam como apelação. Quero compartilhar este vídeo que é a essência de Bom Dia, Vietnã e a minha memória mais viva de Williams.

Se tiver problemas para assistir o vídeo aqui, você pode assistí-lo direto do YouTube clicando aqui.

Carpe diem.
Aproveitem o dia, meninos.
Façam de suas vidas uma coisa extraordinária.

Um comentário:

  1. Oi Sandra, eu também gosto muito dos filmes dele. Também não sou especialista, mas acho suas atuações fantásticas. Fiquei triste também com sua partida. Bjs

    ResponderExcluir

Então, o que você achou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...