Casas são para se expressar, não para impressionar

Tempos atrás estava assistindo com minha filha o filme Os Seus, os Meus e os Nossos, uma comédia romântica com Dennis Quaid e Rene Russo. O filme é um remake e não foi nada bem recebido pela crítica mas quem se importa?

Eles haviam sido namorados na juventude mas acabaram por tomar rumos diferentes e a história começa quando eles se reencontram, ambos viúvos, ele com oito filhos e ela com dez! O filme é delicioso, mostra em proporções exageradas a alegria e o caos que é uma casa cheia de filhos e as peripécias das crianças para tentar separar o casal.

Ele é um militar que criou seus filhos com disciplina rígida e ela, uma estilista, acostumada com a bagunça das crianças e que vê ordem no aparente caos do seu atelier (qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência rsrs). Num dado momento, durante uma discussão do casal, ele reclama da bagunça e ela diz que "uma casa é pra se expressar, não pra impressionar".


A frase foi tirada da frase abaixo, de autoria desconhecida, e se aplica a tudo: escrever, falar, agir, se aplica à vida:
"Work for a cause, not for applause. Live life to express, not to impress.  Don’t strive to make your presence noticed, just make your absence felt."
(Trabalhe por uma causa, não por aplausos. Viva a vida para expressar, não para impressionar. Não se esforce para fazer a sua presença notada, basta fazer a sua ausência sentida.)
Que frase poderosa!

Falando em casa e decoração, significa que ter uma casa cheia de vida e personalidade, com as nossas coisas e a nossa história é muito mais importante do que ter uma casa de revista, feita para ser fotografada, mas sem alma.

Criei o Luka Luluka em 2010 e se alguém me perguntar porque eu criei e mantenho o blog, não consigo pensar numa resposta melhor: para me expressar, não para impressionar.

Convido vocês a compartilharem o post, a imagem e a ideia!

Sobre o filme: Os Seus, Os Meus e os Nossos.

Até a próxima!

3 comentários:

  1. Olá, gostei muito da frase e é uma ótima sugestão para a saúde mental em nossa atual sociedade exibicionista além do necessário. Beijos!
    Ah, acho que esqueci de agradecer a indicação de O silêncio das Montanhas, amei tanto que estou relendo e amando mais ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dalva, fico muito feliz que tenha gostado do post e mais ainda da indicação do livro. Eu amo Khaled Hosseini. Fico me perguntando quando ele vai lançar um novo livro.

      Beijos

      Excluir
    2. Sandra, acabei de comprar A Cidade do sol, louca para começar! Incrível como ele mostra os personagens bem lá no seu fundo do seu íntimo...É muita sensibilidade...
      Beijos!

      Excluir

Então, o que você achou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...