Pão de Cristo - parte 2: refrescando o fermento

No post anterior, ensinei como começar do zero o fermento de garrafa. Você seguiu a receita e deixou a garrafa quietinha em temperatura ambiente por 7 dias. Agora, sem agitar, você vai abrir a garrafa aos poucos, para que o gás não saia de uma vez e transborde.

Se você ganhou o fermento de alguém é daqui que você começa também.

Nós precisamos refrescar o fermento antes de fazer o pão. Isso significa que você vai alimentar as leveduras para que elas se fortaleçam e se multipliquem.

Para isso, você vai colocar numa vasilha grande (eu uso uma vasilha de plástico para pipoca) a mistura de fermento que você retirou da garrafa, e acrescentar os mesmos ingredientes que utilizou para começar o fermento:

- 500ml de água;
- 60g (1/2 xícara) de farinha de trigo;
- 40g (1/4 xícara) de açúcar;
-5g (1 colher de sopa rasa) de sal.

Misture tudo, cubra com um guardanapo e deixe num local sem ventilação (eu deixo dentro do forno desligado) por 12 a 24 horas.

Guarde a garrafa onde você cultivou o fermento, vamos precisar dela amanhã. Você pode lavá-la mas só com água. Se quiser mesmo lavar com detergente, tenha certeza de que não sobrou nenhum vestígio dele pois isso contamina o fermento.

No próximo post vamos finalmente fazer o pão.

Por enquanto é só isso, até amanhã.

Ah, talvez você esteja se questionando se vale mesmo a pena esse "trabalhão" todo. Para começar, não é tanto trabalho assim. Depois que você pega o jeito, é tudo muito fácil e o prazer de ter pães quentinhos e deliciosos saindo do seu próprio forno valem o esforço.




San


Um comentário:

  1. Assei os meus pães hoje, ficaram uma delícia e com gostinho de infância!!!

    ResponderExcluir

Então, o que você achou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...