Iogurtes infinitos - dia 13

8 dias se passaram desde meu último post sobre a saga dos iogurtes e, de lá pra cá eu melhorei a forma de cultivo, aprendi a consumir todos eles mas ainda não pesquisei sobre cada um dos iogurtes nem busquei receitas.

A última semana foi bem corrida. Estou fazendo fisioterapia para reabilitação do joelho direito devido à uma condropatia patelar. O nome é feio mas o importante é que o ortopedista me disse que não é lesão e que a melhora se dá com exercícios. Não basta caminhar, tem que fazer alguma atividade física que fortaleça a musculatura dos joelhos como hidroginástica, academia ou pilates, que eu devo escolher após o término das sessões de fisioterapia e retorno ao ortopetista.

Além disso, neste ano decidimos nós mesmos fazer os ovos de Páscoa então o apê virou uma fábrica de chocolates nos últimos dias.

Eu abandonei os potinhos plásticos para colocar os iogurtes prontos. Ao invés disso, comprei copos americanos Nadir Figueiredo, coloquei  rótulos e, diariamente faço este ritual:
- Coloco 50 ml de leite em temperatura ambiente em cada copo;
- Misturo bem o iogurte que foi cultivado no dia anterior e coloco cerca de 1 colher de sopa de iogurte no leite do novo copo, misturo, cubro e guardo em temperatura ambiente;
- No iogurte pronto, acrescento mel, misturo, cubro com tampa ou filme de PVC e coloco na geladeira para consumo.


Assim que o iogurte é colocado no leite e misturado, ele já adquire consistência cremosa. Aquele amargor que senti em dois iogurtes no começo, não acontece mais. Contatei a vendedora e ela me informou - tardiamente - que eu deveria descartar a primeira troca de iogurte antes de consumir. Agora todos tem gosto bom e variam sutilmente no sabor, além do índice de acidez.

O único iogurte que está dando trabalho é o kosher que, por ser termófilo, ou seja, precisa de leite aquecido para o cultivo, exige um trabalho extra. O tempo para ficar pronto também é maior.

Num dia desta semana, não consegui cuidar dos iogurtes à noite e deixei por mais 24 horas. Pela experiência com kefir eu sabia era um tempo seguro para não estragar os iogurtes mas eles ficaram bem ácidos e eu tive que descartar.

Além das pesquisas, quero providenciar paninhos para cobrir os iogurtes ao invés de usar guardanapos de papel.

Volto à saga quanto tiver novidades.

Go iogurtes!


Sandra


3 comentários:

  1. Nossa, que trabalho, espero que fique muito bom. Um xeru!

    Sandra
    https://pedacinhobysandra.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra!
      O trabalho não é pouco mas vira um hábito que dá para executar em poucos minutos diários.
      Um abraço!

      Excluir
  2. Oi Sandra, fiquei imaginando se copos escuros não influência o sabor e até a fermentação, pois vinhos e outras bebidas fermentadas precisam de vidros escuros.
    Muito trabalho, mas torcendo para que o resultado seja incrível.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir

Então, o que você achou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...