Julie & Julie e Julie & Julie e Julie & Julie

O que é isso, Sandra, os gatos andaram passando sobre seu teclado de novo?

Não, é que eu queria, de novo, falar sobre Julie & Julia.

Terminei de ler o livro há dois dias. Assisti o filme há alguns anos e a comparação com o filme é inevitável, bem como a curiosidade envolvendo a autora.

Suponho que você já tenha lido o livro ou assistido ao filme, afinal ambos são da década passada mas, se não leu ou assistiu, vou fazer um breve resumo, na medida do possível.

Julia Child foi uma chef americana. Casada com um diplomata e morando em Paris no final dos anos 1940, depois de algumas tentativas frustadas para passar o tempo - como aprender a fazer chapéus - ela se descobriu apaixonada pela culinária e se matriculou na famosa escola de gastronomia Le Cordon Bleu. Isso mudou sua vida. Ela foi responsável por levar a culinária francesa aos lares americanos, escreveu livros e se tornou uma apresentadora de sucesso, com seu jeito alegre e um pouco desajeitado.

Julia Child

50 anos depois, Julie Powell é uma escritora frustada que vive em Nova Iorque, está prestes a completar 30 anos e que trabalha como secretária num escritório governamental que gerencia as consequências do 11 de setembro. Numa visita à casa da mãe, ela traz consigo o livro "Mastering the Art of French Cooking", de Julia Child, a quem ela admira muito. Seu marido Eric sugere que ela crie um blog e ela se propõe a cozinhar todas as 524 receitas do livro em um ano.

Seu blog faz muito sucesso, ela participa de programas de TV e é convidada para escrever um livro sobre sua história. O livro foi lançado originalmente em 2004 e o filme, em 2009.

Julie Powell

Gostei dos dois, a história é leve e deliciosa, para mim que gosto de livros, cozinha e blogs. Como havia assistido ao filme antes, demorou um pouco para eu desvincular a imagem da Amy Adams da verdadeira Julie Powell. A Julie do livro é mais verdadeira, não tão doce quanto a da tela e fala muito palavrão.

Assisti o filme novamente enquanto lia o livro e fiquei curiosa quanto ao motivo de Julia Child dizer não ter gostado do blog e acabei descobrindo mais algumas coisas. Julia talvez tenha achado a forma de escrever de Julie um pouco desrespeitosa mas, no livro, Julie conta que escreveu para Julia e recebeu um bilhete gentil em retribuição.

Enquanto terminava de escrever o livro, Julie Powell se envolveu com um antigo namorado e teve um affair com ele. Ela também foi trabalhar num açougue e lançou um segundo livro, Destrinchando, no qual expõe, com o consentimento de Eric, seu marido, essa fase de traição e obsessão.

Loucura né? Fiquei me perguntando o que leva uma pessoa a se expor desta forma. Talvez eu entenda um pouco ao ler o livro. Comprei num sebo online e ele chega na semana que vem. Vou lê-lo assim que ler A Distância Entre nós, da Thrity Umrigar.

Não consegui muita informação sobre Julie Powell depois disso. Ela não lançou mais nenhum livro, tem uma página no Facebook quase mais nada.

Sobre mim, me empolguei sobre este universo e, vocês sabem que eu sou uma entusiasta da panificação então comprei o livro Baking with Julia por uma bagatela no eBay.


Mais uma coisa, se puder assista a esta comparação entre a maravilhosa interpretação de de Meryl Streep e a verdadeira Julia Child,



Sandra 

Um comentário:

Então, o que você achou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...