Pular para o conteúdo principal

O melhor de mim

A Elaine Gaspareto propôs esta blogagem coletiva para a data de hoje, a fim de comemorar o aniversário de seu blog de uma forma diferente: fazer com que cada participante fale de si, das suas qualidades, daquilo que tem de melhor.

Ela disse que seria bom nós nos elogiarmos... eu ainda tô achando isso estranho mas vamos tentar. Mas vou com cautela por que posso imaginar alguém próximo dizendo "quem não te conhece que te compre" : ) Também pensei em falar na terceira pessoa mas acho que este não é o objetivo do post. Agora vou parar de enrolar e finalmente vou falar sobre o melhor de mim.
foto antiga, coisa de 15 anos atrás.

A primeira coisa que você precisa saber sobre mim é que sou uma pessoa tímida. Mas não me subestime. Não me julgue pelas palavras que eu deixo de pronunciar nem pelas conversas que eu deixo de participar. Eu sou inteligente, muito inteligente. E por ser calada eu tenho a percepção muito apurada. Não precisa dizer, eu sei quando algo está errado, sinto no ar.

Eu batalho. Muito. Pode me chamar de teimosa mas eu sou agarrada ao meus princípios, ao que acredito. Eu não desisto. Nunca.
Aproveito pra dizer que sei um pouco de árabe e sei falar أنا برازيلية و لا أستسلم أبدا (ana brazeleya wa la astaslim abadan) que significa eu sou brasileira e não desisto nunca!

Trago comigo o que vivi e aprendi na infância com meus pais e meus irmãos: amor, respeito, simplicidade, alegria.


Eu tenho sorte. Porque tenho uma família linda e perfeita. Também tenho meus pais, meus irmãos e suas (nossas) famílias comigo. Separados pela distância física, mas sempre juntos em pensamentos e coração.

Também sou complacente. A dor de um ser humano é a dor do mundo. Eu respeito as diferenças. Se eu pudesse dar apenas um conselho a alguém, seria este: respeite as diferenças. Penso que este seja o segredo da harmonia.

Ah, eu sou criativa. Este blog busca mostrar um pouco deste meu lado.

Sou amiga. Amo meus amigos e quero vê-los sempre bem.

menininha Sandra

E, pra finalizar, sou uma palhaça. Meus amigos me conhecem pelo senso de humor sarcástico.

Acho que seria mais equilibrado falar também dos defeitos mas isso eu deixo pra outra hora... demora que eu vou fazer um post falando do pior de mim hein!

Agora vou fazer a minha sesta e ver o que as blogueiras falaram de si.

Abraço!

Comentários

  1. oi Sandra-
    e não é que temos muito em comum! é dificil o auto elogio- demorei para escrever , lia e apagava - e achava a mesma coisa, ah vão falar que eu não sou nada disto - mas eu sou tudo que escrevi e mais um monte de coisas que esqueci de escrever-
    timidez? ou ficar quieta e escutar ? o meu filho é assim, ele é timido, mas é mais observador, quem fala muito não percebe muita coisa(euzinha a falante) e meu filho pode ficar numa roda e depois falar tudo de todos que estavam em minha volta- eu o chamo de lobo solitário- mas no fundo quem é a solitária sou eu ! eu chamo isto de inteligencia e sensibilidade à flor da pele e admiro pessoas assim-
    bjs
    lu

    ResponderExcluir
  2. Sandra,
    A foto com os cachorros já me ganha de cara rsrs
    Muito obrigada por vencer a dúvida inicial e postar.
    Beijosssssss

    ResponderExcluir
  3. Passando pra ler os posts da B. Coletiva, gostei de conhecer vc! E lembre-se que as qualidades sempre superam os defeitos de pessoas boas como vc!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Sandra
    Tenha, em primeiro lugar, uma excelente noite de festa, com Elaine!
    Curta tudinho e sinta-se feliz e abençoada como FILHA MUITO AMADA DE DEUS QUE SOMOS...
    Me sinto assim também: amada, perdoada, chamada e enviada...
    Um super bj e um carinhoso abraço festivo de paz.

    ResponderExcluir
  5. Oi Sandra!! Adorei a dica dos saquinhos no blog q vc mandou... vou fazer aqui em casa tb!!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  6. SANDRA..
    que lindo o que vc escreveu..
    realmente respeitar as diferenças é a unica maneira de fazer um mundo em paz e sem guerras .
    adorei.
    bjuivos no seu coração.
    loba.

    ResponderExcluir
  7. Adoreeei a foto do cãozinho!! E seu post tb está otimo.
    Tb estou participando: http://laisdoce.blogspot.com/2010/09/blogagem-coletiva-o-melhor-de-mim-para.html#comments

    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixa um comentário! Adoro quando vocês interagem com o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Como descolar espelho de embalagem de pó compacto

Post rapidinho para compartilhar uma coisa que queria saber faz tempo e que aprendi agora.

O que você faz quando seu pó compacto acaba? Joga a embalagem fora?
Eu jogo a parte de baixo mas a tampa com o espelho eu guardo porque dá pra fazer tanta coisa legal com espelhos. O problema é que eu não sabia como descolar o espelho da tampa de plástico.

Iogurtes Infinitos, quase dois meses depois

Faz 53 dias que iniciei a saga dos iogurtes infinitos. Como eu imaginava que aconteceria, chegou um ponto em que ficou insustentável cultivar 11 tipos de iogurtes diferentes, fazer a troca todos os dias, cuidar dos copos e talheres usados e ainda, consumir todos eles... ufa!

Mas não pensem vocês que eu desistiuyj7. Separei dois deles para cultivo, greek e colágeno, que são os mais suaves, e congelei os demais, em saquinhos de sorvete.

Recentemente uma leitora do Luka Luluka no Instagram me perguntou sobre o viili, então eu descongelei este também e estou usando os três. Em comparação ao greek e ao colágelo, o viili é mais azedinho. Eu gostei. E a consistência dele é linda, bem cremosa.

Enquanto cultivava os 11 iogurtes, com a correria do dia a dia, eu não estava conseguindo observar a diferença entre eles e a característica de cada um. Com o uso de dois ou três iogurtes, produzindo cerca de 50 a 100 ml de iogurte ao dia de cada um, fica mais sustentável o cultivo e a observação.

Quand…

Espalhe amor em seu blog!

O Luka Luluka foi criado há 4 anos e alguns meses atrás, fruto de minha vontade de me expressar e de compartilhar meus trabalhos e ideias. O desejo de torná-lo real vinha de muito antes mas foi a mudança de cidade - longe da família e dos amigos - que provocou reflexões e também ações, e permitiu a criação deste blog - e projeto - que eu tanto amo.

Esta postagem participa da blogagem coletiva proposta pela Elaine Gaspareto em parceria com a Divitae e a ideia é fazer um post mostrando como você espalha amor por aí: pode ser alguma coisa que você faça, uma história, o formato é livre, só tem que ser feito com muito amor.


Quando eu crio alguma coisa, só o faço porque sinto amor. Porque desejo de verdade. Tenho este preceito. Só faço quando posso, quando quero e realmente desejo. Porque linha industrial não combina com arte.

Quando reutilizo algum material que iria para o lixo, o faço porque sinto amor por nossa mãe Terra.



Recentemente virei ciclista. Não estilo corredora radical, mais pr…