Pular para o conteúdo principal

Mandala de frutas

Cozinhar é uma arte também, não é? Tudo bem que isso não é exatamente uma receita, mas ficou tão bonito que eu quis mostrar. Experimentei esta combinação de frutas há muito tempo atrás e acho perfeita nos sabores e cores. Reguei com suco de uma laranja adoçada com uma colher rasa de açucar.

Difícil foi entender o que era NUTA que o Lucas tanto pedia...

nuta: s.m. 1. dispositivo utilizado para transferir um líquido - geralmente uma bebida - de um local para outro, como do copo para a boca. 2. Canudo.

Ah tá, demorou mas eu decifrei o enigma. Ele queria tomar o caldinho da salada de frutas com canudinho :)

Abraço, fiquem na paz.


Este post participa do Mosaico do Casa Corpo e Cia sob nr. 222.


Comentários

  1. OI Sandra!
    Que mandala linda, hein?. As cores combinaram muito.

    Muito bom saber que pude ajudar de alguma forma na decoração do niver da Lú.
    Pensando em relação as plantinhas, poderias substituí-las por sementes de girassol por exemplo (encontradas á granel em agropecuárias) e fazer um sachê que coubesse dentro da latinha. Um tecido de algodão branco ou até um tule, amarrá-los com uma fitinha roxa, junto ao cartão com a foto da Lú (com papel reciclado), tbm fica legal. Ou ainda chá desidratado como a maçanilha que é uma mini margaridinha e que tem um visual bem romântico.
    Ou ainda encher as latinhas com pipoca ou amendoin torrado, balas, etc...
    Trocando figurinhas a gente chega lá.
    abraços e até...
    Fê.

    ResponderExcluir
  2. MAs que delícia essa mandala sobremesa hein?As cores são lindas, as frutas deliciosas. E realmente as crianças tem o vocabulário delas rs, que é um barato!

    Vc já morou aqui no Japão? Eu morei um tempinho em Tochigi, conheci Oyama, que fica mais do lado de Utsunomiya né?

    Em Oyama tem um templo daqueles ainda maior, mais bonito. Hj vc está no Brasil, não é?
    bom dia e mto obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Ei Sandra!! Vim agradecer a visita e me empolguei com seus textos!! Amei seu blog e te achei muito espirituosa, além de inteligente.
    Vou te seguir, é bom ter pessoas assim por perto.
    Bjk

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelos comentários e pelo carinho.
    Costumo fazer assim, se o comentário não diz respeito ao post, eu prefiro responder no blog de quem postou o comentário.
    Foi o que eu fiz com a Fernanda e agora vou fazer com o Alexandre e a Nárriman.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. oi sandra- bom eu adoro quase todas as frutas- adoro experimentar as novidades também- e este prato colorido é o meu preferido- todas as frutas que adoro - e enchem os olhos tambem
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Sandra, que idéia maravilhosa! Além de gostoso, enfeita. Imagina decorar a mesa com algumas mandalinhas assim. Entrou para minha listinha de idéias. Obrigada pela visita, teremos muito o que partilhar. Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Ficou lindooo! Podia fazer uma fondue de chocolate para acompanhar...

    http://fernandareali.blogspot.com/2009/07/mini-fondue-de-chocolate_11.html

    beijo

    ResponderExcluir
  8. oi Sandra
    te vi no mosaico da Rê e vim te conhecer.
    Essa mandala é linda, eu realmente amei. qual criança por mais que não seja chegada em frutas resistiria? grande ideia! cheia de amor e carinho pelo filhão né?

    bjos e bençãos pra ti ♥

    ResponderExcluir
  9. Hau,hau,hau.Mia uma palavrinha para nosso vocabulário.:)))))
    bjs de Fernanda lá do mármore

    ResponderExcluir
  10. Com certeza cozinhar é uma arte!!
    Linda apresentação!

    Um feliz dia da mulher para ti!

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. OI Sandra,
    ficou linda a sua Madala de Frutas.
    Ah, é difíil mesmo enter o que eseria nuta. Adorei.

    Eu adoro caprichar nas frutas e fazer decoração com elas. Já fiz várias para as minhas filhas, se voê quiser ver alguma ideias, tem nesse post aqui: http://inventandocomamamae.blogspot.com/2012/02/blogagem-coletiva-esmalte-fruta.html
    Acho que o Lucas vai gostar.


    Encontrei a sua receita no mosaico da Rê.

    Eu também estou lá com uma receita de cupcake de queijo com doce de leite. Caso você queira ver está nesse link aqui: http://inventandocomamamae.blogspot.com/2010/12/cupacake-de-queijo-com-dode-de-leite.html

    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixa um comentário! Adoro quando vocês interagem com o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Como descolar espelho de embalagem de pó compacto

Post rapidinho para compartilhar uma coisa que queria saber faz tempo e que aprendi agora.

O que você faz quando seu pó compacto acaba? Joga a embalagem fora?
Eu jogo a parte de baixo mas a tampa com o espelho eu guardo porque dá pra fazer tanta coisa legal com espelhos. O problema é que eu não sabia como descolar o espelho da tampa de plástico.

Iogurtes Infinitos, quase dois meses depois

Faz 53 dias que iniciei a saga dos iogurtes infinitos. Como eu imaginava que aconteceria, chegou um ponto em que ficou insustentável cultivar 11 tipos de iogurtes diferentes, fazer a troca todos os dias, cuidar dos copos e talheres usados e ainda, consumir todos eles... ufa!

Mas não pensem vocês que eu desistiuyj7. Separei dois deles para cultivo, greek e colágeno, que são os mais suaves, e congelei os demais, em saquinhos de sorvete.

Recentemente uma leitora do Luka Luluka no Instagram me perguntou sobre o viili, então eu descongelei este também e estou usando os três. Em comparação ao greek e ao colágelo, o viili é mais azedinho. Eu gostei. E a consistência dele é linda, bem cremosa.

Enquanto cultivava os 11 iogurtes, com a correria do dia a dia, eu não estava conseguindo observar a diferença entre eles e a característica de cada um. Com o uso de dois ou três iogurtes, produzindo cerca de 50 a 100 ml de iogurte ao dia de cada um, fica mais sustentável o cultivo e a observação.

Quand…

Espalhe amor em seu blog!

O Luka Luluka foi criado há 4 anos e alguns meses atrás, fruto de minha vontade de me expressar e de compartilhar meus trabalhos e ideias. O desejo de torná-lo real vinha de muito antes mas foi a mudança de cidade - longe da família e dos amigos - que provocou reflexões e também ações, e permitiu a criação deste blog - e projeto - que eu tanto amo.

Esta postagem participa da blogagem coletiva proposta pela Elaine Gaspareto em parceria com a Divitae e a ideia é fazer um post mostrando como você espalha amor por aí: pode ser alguma coisa que você faça, uma história, o formato é livre, só tem que ser feito com muito amor.


Quando eu crio alguma coisa, só o faço porque sinto amor. Porque desejo de verdade. Tenho este preceito. Só faço quando posso, quando quero e realmente desejo. Porque linha industrial não combina com arte.

Quando reutilizo algum material que iria para o lixo, o faço porque sinto amor por nossa mãe Terra.



Recentemente virei ciclista. Não estilo corredora radical, mais pr…