Pular para o conteúdo principal

30 dias de Criatividade

Bem... como começar... Pra ser franca eu não sei ao certo, acho que estou um pouco enferrujada. Me recordo que meu último post foi no início de abril, quando anunciei o primeiro aniversário do meu baby blog. Depois a minha Luana estreou no blog com um post sobre nossa viagem a Pirenópolis, Goiás. Enfim estou com muitos projetos começados que preciso terminar.
(Luana♥)Nesse sábado fomos a duas lojas, uma de artesanato A B C  RR ARTE MANIA e a outra papelaria KALUNGA. A de artesanato não tinhamos conhecido, é uma loja pequena mas tem seu charme e muuuuuuuitas coisas: pinceis, tinta(quase todo tipo), adesivos, caixinhas (grandes, pequenas e medias), etc.
Na KALUNGA nós já tinhamos ido, lá é muito grande eu tentava achar alguma coisa em um lugar e depois outra coisa eu tinha que dar voltas para achar  (OBS:meus pés ficaram bem cansados por isso), é tudo bem barato!!! Nós adoramos lá!

Então, como eu estava dizendo antes de me levantar pra ver o Lucas tomando banho "sojinho" (porque ora ele quer fazer tudo sozinho ora ele fala, umas 245 vezes por dia: "mãe, você me ajuda?") e a Luana se apossar do meu lugar e do meu post... e ainda ela me entrega dizendo que eu estou com muitos projetos pendentes...

Nem me lembro como cheguei neste site este fim de semana. Abre parênteses: muitas coisas na minha vida  ocorrem aparentemente por acaso - fecha parênteses. Me dei o direito e o prazer de me perder em inúmeras visitas a sites de artesanato. Isso provoca um desespero artístico em mim, uma vontade de sair fazendo um monte de coisa...

Mas deixemos de reticências que agora eu vou contar em que eu me meti, ou melhor a que me comprometi. 


30 Days of Creativity é uma iniciativa muito simpática para encorajar as pessoas a criarem alguma coisa (qualquer coisa) a cada dia do mês de Junho. Achei tão inspirador e resolvi aceitar o desafio. Porque eu adoro desafios, porque eu estou cheia de inspiração, porque eu tenho vários projetos em andamento para serem finalizados e porque minha recicloteca está lotada, no ponto de usar ou mandar pra reciclagem.

Já adianto que talvez eu não consiga cumprir plenamente o compromisso mas vou fazer o meu melhor. Tenho a lembrança dos projetos do último Natal que comecei com o maior gás e concluí sim mas chegou uma hora em que eu tive que escolher: ou eu fazia artes ou fazia posts :( O resultado foi que me privei de publicar muita coisa linda que fizemos por aqui. Mas como, desta vez, eu não tenho o compromisso de fazer presentes e sim, simplesmente, coisas criativas, podendo ser simples ou elaboradas, acho que vou dar conta do recado. E também vou poder contar com a ajuda dos meus colaboradores mirins aqui de casa.

"Seu cérebro é como um músculo.
Quando você o exercita, ele fica mais forte"

Quer participar também? No site tem as orientações para a divulgação de suas idéias mas acho que o importante é a essência do projeto e você compartilha da forma que achar melhor: através do blog, Facebook, Twitter ou o que achar melhor. Quero deixar aqui um convite para quem quiser participar, ainda que eventualmente, mas não quiser fazer posts, podem enviar para mim que eu publico junto com os meus trabalhos, com os devidos créditos, é claro.

Mais um assunto antes de terminar. Prometi, no post do aniversário do blog o meu primeiro sorteio. Claro que eu não me esqueci. Sandrinha tarda mas não falha! Então se liga nos próximos posts que vem presentinhos por aí.


Grande abraço, é uma alegria muito grande poder estar aqui.



Comentários

  1. Sempre admirei esse seu "desespero artístico"! Haha! E ri muito com a Lu te entregando! HAHAHA!

    Boa sorte com o projeto! Você consegue! \o/

    Te amo! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada querida, não vai ser fácil mas também é muito prazeroso.

    A Lu não é fácil... pior que estou pensando em colocá-la oficialmente como co-autora do blog pra ela fazer os posts dela... tô enrolada :)

    Amo você também. Saudade ♥

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixa um comentário! Adoro quando vocês interagem com o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Como descolar espelho de embalagem de pó compacto

Post rapidinho para compartilhar uma coisa que queria saber faz tempo e que aprendi agora.

O que você faz quando seu pó compacto acaba? Joga a embalagem fora?
Eu jogo a parte de baixo mas a tampa com o espelho eu guardo porque dá pra fazer tanta coisa legal com espelhos. O problema é que eu não sabia como descolar o espelho da tampa de plástico.

Iogurtes Infinitos, quase dois meses depois

Faz 53 dias que iniciei a saga dos iogurtes infinitos. Como eu imaginava que aconteceria, chegou um ponto em que ficou insustentável cultivar 11 tipos de iogurtes diferentes, fazer a troca todos os dias, cuidar dos copos e talheres usados e ainda, consumir todos eles... ufa!

Mas não pensem vocês que eu desistiuyj7. Separei dois deles para cultivo, greek e colágeno, que são os mais suaves, e congelei os demais, em saquinhos de sorvete.

Recentemente uma leitora do Luka Luluka no Instagram me perguntou sobre o viili, então eu descongelei este também e estou usando os três. Em comparação ao greek e ao colágelo, o viili é mais azedinho. Eu gostei. E a consistência dele é linda, bem cremosa.

Enquanto cultivava os 11 iogurtes, com a correria do dia a dia, eu não estava conseguindo observar a diferença entre eles e a característica de cada um. Com o uso de dois ou três iogurtes, produzindo cerca de 50 a 100 ml de iogurte ao dia de cada um, fica mais sustentável o cultivo e a observação.

Quand…

Espalhe amor em seu blog!

O Luka Luluka foi criado há 4 anos e alguns meses atrás, fruto de minha vontade de me expressar e de compartilhar meus trabalhos e ideias. O desejo de torná-lo real vinha de muito antes mas foi a mudança de cidade - longe da família e dos amigos - que provocou reflexões e também ações, e permitiu a criação deste blog - e projeto - que eu tanto amo.

Esta postagem participa da blogagem coletiva proposta pela Elaine Gaspareto em parceria com a Divitae e a ideia é fazer um post mostrando como você espalha amor por aí: pode ser alguma coisa que você faça, uma história, o formato é livre, só tem que ser feito com muito amor.


Quando eu crio alguma coisa, só o faço porque sinto amor. Porque desejo de verdade. Tenho este preceito. Só faço quando posso, quando quero e realmente desejo. Porque linha industrial não combina com arte.

Quando reutilizo algum material que iria para o lixo, o faço porque sinto amor por nossa mãe Terra.



Recentemente virei ciclista. Não estilo corredora radical, mais pr…