Pular para o conteúdo principal

Esmaltes e Filmes

Esta semana Lu e eu resolvemos participar da blogagem coletiva de esmaltes que a Fernanda Reali promove.

O tema é muito inspirador: filmes.

Lu escolheu o filme Enrolados como inspiração. Ela usou a cor Amarelo da Lorena e fez inglesinhas com Anel de Ouro da Colorama. As cores são referência aos cabelos da Rapunzel.


Já eu me inspirei no filme Um Lugar Chamado Notting Hill e usei esmalte Risqué Cigarrete e Colorama Camurça. São referência aos lindos olhos do Hugh Grant e aos cabelos da Julia Roberts. Também lembram a capa do filme.

Nooooossa, como manicure, sou uma ótima artesã. Este é um dos motivos pelo qual eu não participo assiduamente da blogagem coletiva de esmaltes.

Além de gostar do filme, eu adoro a trilha sonora dele e a música "When You Say Nothing at All" com Ronan Keatin é uma das minhas favoritas. Então, pra compensar minha falta de habilidade com unhas e esmaltes, compartilho com vocês esta canção:

 

Aqui você confere a letra e a tradução da música.

Até a próxima com mais uma arte do Luka Luluka.

Comentários

  1. Adoro Um Lugar Chamado Notting Hill. Vejo e revejo sem cansar!!!

    beijoooooo

    ResponderExcluir
  2. Sandra,

    O descosturador é um grande achado mesmo, não vivo sem o meu, a carretilha que vc fala é aquela que marca o local do corte? essa eu tenho e não uso, não consigo enxergar a marca, rs, viu, sou do século passado mesmo, kkk.
    Se for o cortador, aquele que se usa com a tábua de corte, também tenho, mas não uso, morro de medo de me perder e cortar a mão fora, sou muito desastrada. Costuro malha, minhas roupas gosto que sejam de malha por conta do calor aqui, mas corto tudo na tesoura, mas tenho uma tesoura específica porque tem que ser bem afiada. Um grande investimento que fiz achando que iria perder dinheiro foi a régua de patchwork, mesmo para quem não faz patchwork é excelente para marcar margens e medir tecido, junto com a caneta que apaga é um espetáculo.
    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  3. ah, eu to doida pra ver esse enrolados! depois da uma espiada na minha blogagem, tambem estou na coletiva da fernanda:
    http://anacristinaesmaltes.blogspot.com/2011/07/fluorescente-total-pink.html
    bjo bjo
    bom final de semana

    ResponderExcluir
  4. Sandra,

    Minha régua é 30cmx50cm, não é grande e cabe em qualquer lugar, quanto ao cortador, para mim é como se andasse sozinho mesmo, faço as coisas com um menino que não para de falar nunca ao meu redor, mãe é a palavra mais ouvida nessa casa, então para me distrair é rapidinho, além disso para vc usar o cortador com segurança tem que ter a régua de patchwork, para segurar ali, ter base, tem

    ResponderExcluir
  5. Sandra,
    Peraí que dei enter sem poder, rs, dá uma olhada nesse vídeo http://www.youtube.com/watch?v=MQAEoiFDpqQ , não tenho toda essa habilidade.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei as cores. Amo esmalte de paixão. Tenho tanto orgulho de ter aperndido a fazer minhas próprias unhas, aqui! Haha! Descoordenada que sou, depois desses 17 meses, até que consigo fazer bonitinho!

    A Lú tá usando unhas postiças? E pegou aí a moda de usar só um dos dedos c/ uma cor diferente da das outras unhas? Aqui tem bastante gente usando assim...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi Brenda, q legal q vc gosta, vai dar pra trocar muita figurinha com a Lu. Nós fomos pra SBO na semana passada e ela levou TODOS os esmaltes dela, quase 50! E as não são postiças não, são dela mesmo, ela não corta de jeito nenhum, não importa o qto eu tente convencê-la.

    Ah, a moda do dedo anelar de outra cor tem por aqui sim e também de unhas alternadas, escolher um dedo aleatoriamente para colocar outra cor.

    Beijo!!

    ResponderExcluir
  8. Já assisti Um lugar chamado Notting Hill e morro de vontade de assistir Enrolados. Sou uma fã de animações !

    Um beijão, flores !
    http://www.entreoazuleoanil.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixa um comentário! Adoro quando vocês interagem com o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Como descolar espelho de embalagem de pó compacto

Post rapidinho para compartilhar uma coisa que queria saber faz tempo e que aprendi agora.

O que você faz quando seu pó compacto acaba? Joga a embalagem fora?
Eu jogo a parte de baixo mas a tampa com o espelho eu guardo porque dá pra fazer tanta coisa legal com espelhos. O problema é que eu não sabia como descolar o espelho da tampa de plástico.

Iogurtes Infinitos, quase dois meses depois

Faz 53 dias que iniciei a saga dos iogurtes infinitos. Como eu imaginava que aconteceria, chegou um ponto em que ficou insustentável cultivar 11 tipos de iogurtes diferentes, fazer a troca todos os dias, cuidar dos copos e talheres usados e ainda, consumir todos eles... ufa!

Mas não pensem vocês que eu desistiuyj7. Separei dois deles para cultivo, greek e colágeno, que são os mais suaves, e congelei os demais, em saquinhos de sorvete.

Recentemente uma leitora do Luka Luluka no Instagram me perguntou sobre o viili, então eu descongelei este também e estou usando os três. Em comparação ao greek e ao colágelo, o viili é mais azedinho. Eu gostei. E a consistência dele é linda, bem cremosa.

Enquanto cultivava os 11 iogurtes, com a correria do dia a dia, eu não estava conseguindo observar a diferença entre eles e a característica de cada um. Com o uso de dois ou três iogurtes, produzindo cerca de 50 a 100 ml de iogurte ao dia de cada um, fica mais sustentável o cultivo e a observação.

Quand…

Espalhe amor em seu blog!

O Luka Luluka foi criado há 4 anos e alguns meses atrás, fruto de minha vontade de me expressar e de compartilhar meus trabalhos e ideias. O desejo de torná-lo real vinha de muito antes mas foi a mudança de cidade - longe da família e dos amigos - que provocou reflexões e também ações, e permitiu a criação deste blog - e projeto - que eu tanto amo.

Esta postagem participa da blogagem coletiva proposta pela Elaine Gaspareto em parceria com a Divitae e a ideia é fazer um post mostrando como você espalha amor por aí: pode ser alguma coisa que você faça, uma história, o formato é livre, só tem que ser feito com muito amor.


Quando eu crio alguma coisa, só o faço porque sinto amor. Porque desejo de verdade. Tenho este preceito. Só faço quando posso, quando quero e realmente desejo. Porque linha industrial não combina com arte.

Quando reutilizo algum material que iria para o lixo, o faço porque sinto amor por nossa mãe Terra.



Recentemente virei ciclista. Não estilo corredora radical, mais pr…