Pular para o conteúdo principal

Mini Quadro 3D - Dia 2/30 Dias de Criatividade

Fizemos estes quadrinhos com caixa de sabonete, contact, papel pintado a lápis e dois sapatinhos perdidos. Lu pintou o fundo e cedeu os sapatinhos.


Este é o trabalho 2 do 30 Days of Creativity.



Como eu havia dito, estou aproveitando a oportunidade para concluir trabalhos iniciados e colocar em prática outros idealizados. Se faltar trabalhos e sobrar gás, eu crio novas artes. Amo muito tudo isso.

Agradeço de coração a visita.

Comentários

  1. Oi Sandra, as crianças nunca esquecerão este momento que você criou para eles,serão ótimas recordações, você verá.;0)
    Quanto a bicicleta, eu ainda não tive a oportunidade de fazer, mas creio que sua idéia com arame é ótima. Sempre que quero fazer um projeto dou uma olhadinha nos tutoriais do youtube.Estarei por aqui para ver sua bicicleta e até pegar o tutorial dela pois eu acho que a Bel vai gostar.
    Beijo de Fernanda

    ResponderExcluir
  2. Oiiii migaaaa =) obrigado pelo carinho, amei o "mega popular blogueira" rsrsrsrs!!!
    Amei essa ideia 3D parabéns...
    Bjinhus,
    Marilia

    ResponderExcluir
  3. Oi "Sandroca" querida!!

    Pois é, amiga. Voltei!!. Ainda tô meio perdida. Guria, quanta coisa mudou, até nos blogs. Levei um montão de tempo para postar as fotos, devido às mudanças. Tô por fora de muita coisa.Tbm tannnnto tempo fora do ar...hihihi
    Sandrinha. Nada como um dia após o outro né? Depois da tempestade (cheguei a emagracer 8 Kg), veio o sol e com ele muitas inspirações. Tô cheia de novidades que depois de conto.
    Mas o que queria mesmo é estar muito próxima de ti, para poder te dar um demorado e apertado abraço, pelo tanto de carinho que tens me enviado. Brigadão amiga
    Bj
    Fe

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixa um comentário! Adoro quando vocês interagem com o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Como descolar espelho de embalagem de pó compacto

Post rapidinho para compartilhar uma coisa que queria saber faz tempo e que aprendi agora.

O que você faz quando seu pó compacto acaba? Joga a embalagem fora?
Eu jogo a parte de baixo mas a tampa com o espelho eu guardo porque dá pra fazer tanta coisa legal com espelhos. O problema é que eu não sabia como descolar o espelho da tampa de plástico.

Iogurtes Infinitos, quase dois meses depois

Faz 53 dias que iniciei a saga dos iogurtes infinitos. Como eu imaginava que aconteceria, chegou um ponto em que ficou insustentável cultivar 11 tipos de iogurtes diferentes, fazer a troca todos os dias, cuidar dos copos e talheres usados e ainda, consumir todos eles... ufa!

Mas não pensem vocês que eu desistiuyj7. Separei dois deles para cultivo, greek e colágeno, que são os mais suaves, e congelei os demais, em saquinhos de sorvete.

Recentemente uma leitora do Luka Luluka no Instagram me perguntou sobre o viili, então eu descongelei este também e estou usando os três. Em comparação ao greek e ao colágelo, o viili é mais azedinho. Eu gostei. E a consistência dele é linda, bem cremosa.

Enquanto cultivava os 11 iogurtes, com a correria do dia a dia, eu não estava conseguindo observar a diferença entre eles e a característica de cada um. Com o uso de dois ou três iogurtes, produzindo cerca de 50 a 100 ml de iogurte ao dia de cada um, fica mais sustentável o cultivo e a observação.

Quand…

Espalhe amor em seu blog!

O Luka Luluka foi criado há 4 anos e alguns meses atrás, fruto de minha vontade de me expressar e de compartilhar meus trabalhos e ideias. O desejo de torná-lo real vinha de muito antes mas foi a mudança de cidade - longe da família e dos amigos - que provocou reflexões e também ações, e permitiu a criação deste blog - e projeto - que eu tanto amo.

Esta postagem participa da blogagem coletiva proposta pela Elaine Gaspareto em parceria com a Divitae e a ideia é fazer um post mostrando como você espalha amor por aí: pode ser alguma coisa que você faça, uma história, o formato é livre, só tem que ser feito com muito amor.


Quando eu crio alguma coisa, só o faço porque sinto amor. Porque desejo de verdade. Tenho este preceito. Só faço quando posso, quando quero e realmente desejo. Porque linha industrial não combina com arte.

Quando reutilizo algum material que iria para o lixo, o faço porque sinto amor por nossa mãe Terra.



Recentemente virei ciclista. Não estilo corredora radical, mais pr…