Pular para o conteúdo principal

Presentinhos, mais um nome de cadeira e o desencanto

Depois de um longo e tenebroso inverno, volto a escrever aqui no Luka Luluka. Foram muitos os motivos mas vamos deixar este papo chato pra lá.

Contei dias atrás que eu havia ganho um sorteio que a Lucia Klein fez lá no Calma que Estou com Pressa. O presente chegou, eu fotografei e quero mostrar pra vocês, olha que graça:


Ele foi enviado diretamente pela Claudia da Loja Casa da Claudia que tem espaço físico em Campinas, São Paulo e também loja virtual. Olha o bilhetinho que acompanhou o presente, com a etiqueta do endereço pra quem quiser conhecer:


Obrigada Lu e Claudia, fazia muito tempo que eu não ganhava nenhum sorteio e este foi muito especial pois 1) foi a querida Lu quem fez 2) tinha mais de mil participantes e 3) o presente é lindo!

Ganhei também, da minha prima, esta caixa super delicada, com sabonete e toalha. E ela é gigante, cabe um monte de coisas. Guardei nela meus tubos de linha.


Marido ganhou esta caneca do Luquinhas na homenagem aos pais na escolinha, não é um charme??


E o presente veio mesmo a calhar porque, dois dias antes, eu havia quebrado a caneca dele :S



Lembram que outro dia eu falei da cadeira bacalhau? Pois bem, estou virando especialista em cadeiras. No projeto do novo quarto da Lu, ela quer uma cadeira específica e eu descobri que o nome dela é Bertoia. Pesquisei um pouco e aprendi que o nome vem de seu criador, Harry Bertoia, um designer, escultor e arquiteto italiano nascido em 1915 e que fez carreira nos Estados Unidos.


Vamos combinar que a Lu tem bom gosto, não acham?


O termo DESENCANTO do título é que eu desencantei de algumais coisas que estavam criando musgo aqui em casa. Gente, eu estava com tantas mas tantas pendências de correio que estava me sentindo bem desconfortável. Eram cartas do Clube da Carta, livros, trocas e uma compra pra uma amiga que mora no exterior. Minha dificuldade em ir ao correio aqui é imensa. Antes eu trabalhava próximo a uma agência do correio mas eu almoçava em casa então tinha que escolher entre ir pra casa ou ir ao correio, não dá né! Agora meu local de trabalho mudou, fica bem mais longe de casa então tenho que almoçar por lá e não tem correio por perto. Então fiquei na mesma. A única solução seria ir aos sábados pela manhã numa agência que fica no Carrefour mas sábado de manhã é dia de faxina, aí complica de novo ¬¬. Mas entretanto contudo porém todavia meus problemas foram solucionados. Passei a noite de terça embrulhando, envelopando e escrevendo bilhetinhos, ontem estava em casa e, apesar da greve dos Correios, fui na fé e consegui postar tudo. Me sinto até mais leve. De quebra, passei no Pão de Açúcar comprar um isotônico pra me reidratar depois da caminhada e comprei também algumas flores, suculentas e cactos pra alegrar minha janela e celebrar a primavera. Compartilho com vocês meu mini jardim, via Instagram.



Beijos, beijos, beijos, obrigada por me permitirem compartilhar minhas idéias e um pouco de minha vida com vocês.

Que a alegria esteja com todos vocês.

Comentários

  1. oi sandra
    desencantou mesmo
    fez um post cheio de novidades -
    tão bom ler sto que fizemso a felicidade de alguém ! vai ficar lndo na tua cozinha e adorei o cartão fofo da Claudia mais fofa ainda !
    quantas novidades por aqui
    eu tb estou meio afastada de blogar - não estou produzindo quase nada - só fico pensando na minha casa lá em floripa, me esperando e eu aqui , e fora o resto qeu a vida nos tras - mas mesmo tento ser feliz - fiz um workshop da circulo , e o mais legal fiz várias amigas
    bjs
    lu

    ResponderExcluir
  2. oi Sandra, que bom que você gostou do saleiro e obrigada pela propaganda.

    grande beijo

    Claudia

    ResponderExcluir
  3. Sandrinha, adorei sua visita lá em casa, estava mesmo com saudades;0)
    Como é bom ter amigas de blog.Amei seus presentes e esse saleiro WOW tá de tirar o fólego.Lindo de viver.Amei também suas plantinhas.Nossa a Luluka em?tá chic com K.
    Um abraço amiga.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  4. Oi Sandra, é a Vi,parabéns pelos mimos, lindos.
    A caneca do maridão é super bonita, bem estilosa,D+.
    Fiquei muito feliz por teu carinho no meu aniversario,obrigada.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
  5. Um capricho só essa minha amiga

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixa um comentário! Adoro quando vocês interagem com o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Como descolar espelho de embalagem de pó compacto

Post rapidinho para compartilhar uma coisa que queria saber faz tempo e que aprendi agora.

O que você faz quando seu pó compacto acaba? Joga a embalagem fora?
Eu jogo a parte de baixo mas a tampa com o espelho eu guardo porque dá pra fazer tanta coisa legal com espelhos. O problema é que eu não sabia como descolar o espelho da tampa de plástico.

Iogurtes Infinitos, quase dois meses depois

Faz 53 dias que iniciei a saga dos iogurtes infinitos. Como eu imaginava que aconteceria, chegou um ponto em que ficou insustentável cultivar 11 tipos de iogurtes diferentes, fazer a troca todos os dias, cuidar dos copos e talheres usados e ainda, consumir todos eles... ufa!

Mas não pensem vocês que eu desistiuyj7. Separei dois deles para cultivo, greek e colágeno, que são os mais suaves, e congelei os demais, em saquinhos de sorvete.

Recentemente uma leitora do Luka Luluka no Instagram me perguntou sobre o viili, então eu descongelei este também e estou usando os três. Em comparação ao greek e ao colágelo, o viili é mais azedinho. Eu gostei. E a consistência dele é linda, bem cremosa.

Enquanto cultivava os 11 iogurtes, com a correria do dia a dia, eu não estava conseguindo observar a diferença entre eles e a característica de cada um. Com o uso de dois ou três iogurtes, produzindo cerca de 50 a 100 ml de iogurte ao dia de cada um, fica mais sustentável o cultivo e a observação.

Quand…

Espalhe amor em seu blog!

O Luka Luluka foi criado há 4 anos e alguns meses atrás, fruto de minha vontade de me expressar e de compartilhar meus trabalhos e ideias. O desejo de torná-lo real vinha de muito antes mas foi a mudança de cidade - longe da família e dos amigos - que provocou reflexões e também ações, e permitiu a criação deste blog - e projeto - que eu tanto amo.

Esta postagem participa da blogagem coletiva proposta pela Elaine Gaspareto em parceria com a Divitae e a ideia é fazer um post mostrando como você espalha amor por aí: pode ser alguma coisa que você faça, uma história, o formato é livre, só tem que ser feito com muito amor.


Quando eu crio alguma coisa, só o faço porque sinto amor. Porque desejo de verdade. Tenho este preceito. Só faço quando posso, quando quero e realmente desejo. Porque linha industrial não combina com arte.

Quando reutilizo algum material que iria para o lixo, o faço porque sinto amor por nossa mãe Terra.



Recentemente virei ciclista. Não estilo corredora radical, mais pr…